A Voz do Pastor
A Voz do Pastor no Facebook
A Voz do Pastor no Twitter
A Voz do Pastor no Youtube
Uma alma salva vale mais que dez mil mundos...
Rádio Online:
Rádio Online
Culto Ao Vivo:

Pesquise em nosso site:
A Voz do Pastor
A Voz do Pastor no Facebook
A Voz do Pastor no Twitter
A Voz do Pastor no Youtube
Rádio Online:
Rádio Online
Culto Ao Vivo:
Culto ao vivo
Estudos e Livros
Perguntas e Respostas: Dízimos

 “Bom dia, Preciso de explicações e referências sobre o dízimo, porque ele permaneceu para os do novo testamento e gentios (pela Bíblia, não pelo profeta, pois é para colegas denominacionais e sobre o profeta preciso de mais tempo para ir passando para eles). Não encontrei estudo disponível no site sobre o assunto. E, de mim mesma não sei explicar. O quanto antes possível. Obrigado”

Primeiramente devemos mostrar, que a ideia de que o velho testamento é passado não tem base Bíblica, pois Jesus disse em Mateus 5:17:“Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim abrogar, mas cumprir.” O que as pessoas devem olhar é que as únicas coisas que mudaram, foi aquilo que eram sombras e cumpriram-se no Novo testamento (lembrando que não foi um cancelamento de mandamento, mas uma mudança da sombra para o real). Por exemplo: o guardar o sábado era um descanso natural que apontava para um descanso espiritual, o cordeiro sacrificado todos os anos, cumpriu-se em Jesus Cristo.

Em Hebreus 13:8 diz: “Jesus Cristo é o mesmo, ontem, e hoje, e eternamente.” Também em Malaquias 3:6 diz: “Porque eu, o Senhor, não mudo; por isso vós, ó filhos de Jacó, não sois consumidos.” Diante disso vemos que os ensinamentos de Deus sempre são os mesmos, e referente ao dizimo, sabemos claramente que não era sombra, mas um mandamento com promessa, registrado em Malaquias 3:8-11, Levítico 27:30-34. Esse mandamento continuou da mesma forma no Novo Testamento de acordo com Hebreus 7: 4 – 9:  “Considerai, pois, quão grande era este, a quem até o patriarca Abraão deu os dízimos dos despojos. E os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm ordem, segundo a lei, de tomar o dízimo do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que tenham saído dos lombos de Abraão. Mas aquele, cuja genealogia não é contada entre eles, tomou dízimos de Abraão, e abençoou o que tinha as promessas. Ora, sem contradição alguma, o menor é abençoado pelo maior. E aqui certamente tomam dízimos homens que morrem; ali, porém, aquele de quem se testifica que vive. E, por assim dizer, por meio de Abraão, até Levi, que recebe dízimos, pagou dízimos.” Veja Paulo dizendo que que “aqui” no Novo Testamento recebem dízimos homens que morrem, mas “ali” no Velho Testamento até Melquizedeque que vive eternamente recebeu dízimos.

Em Lucas 11:42 diz: Mas ai de vós, fariseus, que dizimais a hortelã, e a arruda, e toda a hortaliça, e desprezais o juízo e o amor de Deus. Importava fazer estas coisas, e não deixar as outras. Veja que Jesus diz que deveis dar o dizimo, mas o errado é orgulhar-se ao fazer isso e omitir o restante dos mandamentos.

                Veja que em I Corintios 9:13-14 o apostolo Paulo diz: “Não sabeis vós que os que administram o que é sagrado comem do que é do templo? E que os que de contínuo estão junto ao altar, participam do altar? Assim ordenou também o Senhor aos que anunciam o evangelho, que vivam do evangelho.”

Pr. Daniel Borges Vieira



Pedido de Oração ou Testemunho

captcha

Eventos Futuros
Recomende A Voz do Pastor para seus amigos:
A Voz do Pastor no Facebook
A Voz do Pastor no Twitter
A Voz do Pastor no Youtube